Fortalecimento da musculatura pélvica

A prática do sexo traz muitos benefícios para a saúde que contribuem para a qualidade de vida. O sexo estimula a atividade mental, ajuda a manter a vagina elástica e hidratada (particularmente depois da menopausa), libera Ocitocina (hormônio responsável pelo prazer e um analgésico natural) e pode queimar ate 200 calorias! Todas nós queremos manter um bom nível de intimidade dentro dos nossos relacionamentos e sentimos uma verdadeiro sentimento de perda se nosso assoalho pélvico interfere nisso. Por isso o fortalecimento da musculatura pélvica é muito importante.


Durante o ato sexual, quanto mais forte a mulher conseguir contrair a vagina, mais intenso será o orgasmo que ela irá sentir. Exercícios do assoalho pélvico estimulam o aumento da circulação sanguínea para o clitóris, aumentando sua sensibilidade e aumentando sua capacidade de contração.

shutterstock_192205460

Embora exercícios para o assoalho pélvico (exercícios de Kegel) sejam relativamente simples e muitas mulheres os conhecem, muitas simplesmente esquecem ou estão inseguras se estão fazendo corretamente.


Muitas mulheres que tem problemas no assoalho pélvico acham que isso tem um grande impacto na sua habilidade de ter uma relação íntima normal com seu parceiro. Isto pode ser ocasionado pela dor ou desconforto, ou simplesmente pela vergonha sobre seus problemas.

Algumas mulheres sofrem de incontinência e precisam ir ao banheiro antes do ato sexual, as vezes depois do ato sexual, ou em certos casos, passar pela indigna situação de perder urina durante a prática sexual, esta é uma grande barreira para a intimidade do casal. Naturalmente os casos de incontinência devem ser tratados como casos clínicos, mas a grande maioria das mulheres apresentam sinais de enfraquecimento da musculatura pélvica em certos níveis capazes de transmitir a insegurança sobre a flacidez da vagina afetando a sua autoestima.


Gravidez e parto, menopausa, ganho de peso e até alguns esportes de alto impacto podem deixar o assoalho pélvico flácido e enfraquecido. O assoalho pélvico suporta cerca de 9 kilos de órgãos e precisa ser frequentemente exercitado para mantê-lo forte e firme.


Muitas mulheres que experimentam satisfação sexual reduzida creditam isto simplesmente aos efeitos da idade e do parto e isto é errado! O enfraquecimento do assoalho pélvico não é parte inevitável do envelhecimento. Melhorar a musculatura do assoalho pélvico pode conduzir a uma melhor vida sexual para as mulheres e seus parceiros.
A musculatura pélvica enfraquecida significa menos sensibilidade por ambas as partes. As mulheres se sentem entediadas e os homens impacientes. Os relacionamentos perdem potência na mesma proporção da atrofia do assoalho pélvico.

Objetivos do tratamento

 

  • Ajudar as mulheres a conseguirem orgasmos mais fortes, intensos e em maior frequência ao mesmo tempo que consigam proporcionar mais prazer aos seus parceiros.
  • Fortalecer a musculatura pélvica para que durante a relação sexual, seus músculos consigam proporcionar mais pressão no órgão sexual do seu parceiro, aumentando a sensibilidade e criando um orgasmo amplificado.
  • Utilizar equipamentos da mais alta tecnologia mundial em termos de eletroestimulação, biofeedback e eletromiografia para auxiliar no processo de educação do assoalho pélvico.

Tire suas dúvidas sobre este tratamento

Fale com a Dra. Aniele e tire todas as suas dúvidas